Silvio Koerich

O blog verdadeiro.

Silvio Koerich era o nome de um blog antifeminista criado por um desconhecido que se identificava pelo pseudônimo "Silvio Stodieck Koerich". Como todo site masculinista, continha dicas de como profitar depósitos (conquistar mulheres), bem como críticas à sociedade moderna e a movimentos pós-modernistas como o feminismo.

Um dos sites falsos criados por Emerson e Psy.

Foi lá que Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues se conheceram e se tornaram amigos. No entanto, em 2010, o dono do blog chegou a excluir alguns comentários muito pesados deles e, com a insistência dos dois, decidiu bani-los do blog em 2011. Após serem banidos, eles resolveram se vingar criando dois sites falsos com o mesmo nome[1] porém com conteúdo bem mais extremo. Essas duas cópias receberam muito mais atenção que o original. Em 22 março de 2012, com mais de 70 mil denúncias e meses de atividade, a dupla foi presa e meses depois o site saiu do ar.

Rumores dizem que o autor do blog Pobretão de Vida Ruim era o real Silvio, o que nunca ficou comprovado.

HistóriaEditar

 
Foto de duas metralhadoras usada no blog num post anunciando um tiroteio (20 de março de 2012).

O nome Silvio Koerich (ou Sylvio) remonta a um usuário do Orkut muito popular nas comunidades masculinistas, em especial O Lado Obscuro das Mulheres e Elas Preferem os Canalhas. Silvio frequentava essas comunidades e foi um dos responsáveis por popularizar o movimento masculinista no Brasil. Ele recrutava membros mandando a real nas comunidades e ganhou fama na rede com o slogan "O Perdedor Mais Foda do Mundo". Não se sabe a conexão entre o usuário e os criadores do blog.

O Silvio 'original' era um marketeiro, ele usava girias de quem mexe com marketing em suas conversas mais reservadas. Ao que parece a intenção do Silvio 'original' era fazer um cópia do blogue Testosterona, o 'radicalismo' com tentativa fracassada de humor, era para disfarçar a cópia de estilo.

— AFC, no blog da Lola.[2]

Em 2010, Marcelo e Emerson se conheceram no blog e se tornaram amigos. No entanto, a dupla chamava atenção do dono do blog, que chegou a excluir alguns comentários muito pesados deles. Com a insistência dos dois, ele decidiu bani-los do blog no início de 2011. Após serem banidos, eles resolveram se vingar criando dois sites falsos com o mesmo nome porém com conteúdo bem mais extremo, como ameaças de morte, genocídio, racismo, apologia ao estupro, fotos de pedofilia e zoofilia, necrofilia, pessoas degoladas, etc. Esses dois sites receberam muito mais atenção que o original, causando grande comoção, o que fez com que o original retirasse todas as postagens do ar.

Em novembro de 2011, o deputado federal Fernando Francischini (PSDB-SP) enviou dois ofícios a José Eduardo Cardozo, o então Ministro de Estado da Justiça, para que adotasse as providências necessárias para determinar à Polícia Federal a instauração de um inquérito policial contra a pessoa que se identifica por "Silvio Koerich", responsável pelo site, mencionando o link em que pede ao leitor que "estupre e mate uma mulher"[3] e defende a legalização da pedofilia.[4]

Em 22 de março de 2012, após quase 70 mil denúncias e meses de atividade, a dupla foi presa, mas o site continuou no ar por alguns meses.

VídeosEditar

Salsa

Ver tambémEditar

Links externosEditar