Padrão duplo

Um padrão duplo é quando se aplica julgamentos diferentes (ou opostos) para situações que a princípio são parecidas ou idênticas mas envolvem indivíduos ou grupos diferentes. Um exemplo clássico é uma mulher considerar uma cantada de um homem feio como assédio, mas não falar nada (ou até gostar) da cantada de um homem bonito.

O padrão duplo ocorre com frequência na mídia liberal/esquerdista, que gosta de noticiar ou divulgar certos assuntos e acontecimentos, mas não outros. Por exemplo, se algum famoso se declara gay ou ateu, isso provavelmente vai virar notícia nacional, mas e se um gay disser que agora é ex-gayWikipedia's W.svg, ou um ateu afirmar que se converteu ao cristianismo, será que teria a mesma repercussão?

Uma forma específica do padrão duplo, também observada na mídia, é a indignação seletiva.

Ver tambémEditar

FonteEditar

Links externosEditar