Mudanças entre as edições de "Dogolachan (Psytoré)"

m
m
 
===2016: Mallone Morais e Felipe Neto===
Em 2016, [[Mallone Morais]], um usuário do Dogolachan, gravou uma série de vídeos de cunho pedófilo que viralizaram na Internet. Ele falou, entre outras coisas, que adorava pornografia infantil e que todo pai devia iniciar sexualmente sua filha.
Após [[Mallone Morais]] gravar uma série de vídeos de cunho pedófilo, [[Felipe Neto]], um dos youtubers mais populares do Brasil, fez um vídeo-denúncia chamado "O PEDÓFILO (O QUE VOCÊ NÃO SABE)", em 13/09/2016, em que ele fala que Mallone é ligado a [[chan]]s, explica o que são os chans e como são as pessoas que os frequentam, além de pedir para que seus inscritos (crianças mongoloides) floodassem os três principais chans da época: [[Brchan]], [[55ch|55chan]] e Dogolachan, coisa que eles de fato fizeram. Em 2018 ou 2019, Felipe colocou a tag [+13] no título do vídeo e colocou restrição de idade (necessitando de cadastro no site para assistir). Pouco depois, no final de 2019, mudou a tag para [+18] (autoexplicativo). Um pouco depois disso, os comentários do vídeo foram desativados<ref>https://web.archive.org/web/20160913191259/https://www.youtube.com/watch?v=6AtYJEwyXBQ</ref><ref>http://archive.li/Hbuxv</ref> e logo depois o vídeo foi apagado ou privado, estando indisponível hoje. Como o flood incitado por Felipe afetou o Dogolachan, [[GOEC]] apareceu lá, na época usando o codinome de "Doxxingfag", e ajudou [[Psycl0n]] a foder com todas as crianças que estavam floodando. GOEC pegou todos os dados e as inscreveu em sites de pornografia. Psy colocou os IPs da criançada em logs de [[CP]] e fez quem acessava o link do Dogolachan pelo vídeo do Felipe Neto entrasse em um site de pornografia. Após receber ataques e críticas pela merda que causou, Felipe se defendeu, dizendo que na época o canal dele não tinha como público principal as crianças, mostrando um print das estatísticas onde menos de 1% eram crianças (desconsiderando a possibilidade de mentir a idade).<ref>https://www.youtube.com/watch?v=7hqI42oskv4</ref>
 
ApósEm [[Mallone Morais]] gravar uma série13 de vídeossetembro de cunho pedófilo2016, [[Felipe Neto]], um dos youtubers mais populares do Brasil, fez um vídeo-denúncia chamado "O PEDÓFILO (O QUE VOCÊ NÃO SABE)", em 13/09/2016, em que ele fala que Mallone é ligado a [[chan]]s, explica o que são os chans e como são as pessoas que os frequentam, além de pedir para que seus inscritos (crianças mongoloides) floodassem os três principais chans da época: [[Brchan]], [[55ch|55chan]] e Dogolachan, coisa que eles de fato fizeram. Em 2018 ou 2019, Felipe colocou a tag [+13] no título do vídeo e colocou restrição de idade (necessitando de cadastro no site para assistir). Pouco depois, no final de 2019, mudou a tag para [+18] (autoexplicativo). Um pouco depois disso, os comentários do vídeo foram desativados<ref>https://web.archive.org/web/20160913191259/https://www.youtube.com/watch?v=6AtYJEwyXBQ</ref><ref>http://archive.li/Hbuxv</ref> e logo depois o vídeo foi apagado ou privado, estando indisponível hoje. Como o flood incitado por Felipe afetou o Dogolachan, [[GOEC]] apareceu lá, na época usando o codinome de "Doxxingfag", e ajudou [[Psycl0n]] a foder com todas as crianças que estavam floodando. GOEC pegou todos os dados e as inscreveu em sites de pornografia. Psy colocou os IPs da criançada em logs de [[CP]] e fez quem acessava o link do Dogolachan pelo vídeo do Felipe Neto entrasse em um site de pornografia. Após receber ataques e críticas pela merda que causou, Felipe se defendeu, dizendo que na época o canal dele não tinha como público principal as crianças, mostrando um print das estatísticas onde menos de 1% eram crianças (desconsiderando a possibilidade de mentir a idade).<ref>https://www.youtube.com/watch?v=7hqI42oskv4</ref>
 
===GOEC e crimes envolvendo terrorismo===
rollback, Administradores
11 379

edições