Vigilantismo na Internet

O vigilantismo na internet é um fenômeno bem proto-fascista que surgiu na internet devido à falta de regulação e de autoridades responsáveis por fiscalizar a rede. Este fenômeno também é caracterizado pelo aumento do radicalismo político e de comportamentos proto-fascistas ou mesmo fascistas na internet, assim como a necessidade do combate ao vigilantismo por parte de órgãos competentes e a necessidade de regrar, mesmo que de forma mínima, a internet.

O vigilantismo na internet possui vários métodos e meios, principalmente o scam baitingWikipedia's W.svg, a difamação pública, a cultura do cancelamento, a antipedofilia, entre outros. Todos estes métodos, que ao mesmo tempo parecem solucionar os problemas, na prática, só facilitam o aumento de guerrilhas e milícias virtuais de todos os tipos, que usam da internet como meio de se tornarem populares e de fazerem "justiça" com as próprias mãos.

Uma das principais causas do aparecimento do vigilantismo na internet é a falta de regramento e de "esquadrões virtuais" que sejam como os "esquadrões populares" em caso da polícia ser substituída por "esquadrões populares", havendo também a falta de leis para evitar esses tipos de comportamento para não aparecerem tantos justiceiros.

Assim como na realidade o vigilantismo é combatido, na internet, o vigilantismo também deve ser combatido. Apesar de hoje em dia não haver um combate tão grande ao vigilantismo, ainda assim existem pessoas que buscam combatê-lo, tais como organizações reguladas que tratam a internet como sendo uma extensão da vida real, evitando comportamentos vigilantistas, assim como a criação de órgãos usam "esquadrões populares regrados" para substituírem os vigilantes e possibilitarem que haja um regramento na internet. Eles trabalham junto das redes sociais, regulando os perfis e grupos e assim evitando o aparecendo de vigilantistas e possibilitando um combate maior ao vigilantismo, criando assim o antivigilantismo.

Atualmente, já existem pessoas que discutem sobre a criação de grupos antivigilantistas na internet, focados em combater e expor vigilantistas. Em vez de fazer igual os vigilantistas, eles criam fichas sobre os vigilantistas e possibilitam um equilíbrio para que o número de vigilantistas diminua. Contudo, ainda assim, é necessária a criação de órgãos virtuais a nível internacional para que possibilitem o combate ao vigilantismo na internet no objetivo de manter um ambiente saudável que possa voltar às origens que a ideia da ideia de "internet".