Viés ideológico na Wikipédia

O logo mais apropriado para a Wikipédia hoje em dia

Apesar da neutralidade ser um dos pilares da Wikipédia, os wikipedistas de hoje parecem se esquecer desse princípio com frequência. Larry Sanger, um dos co-fundadores do projeto junto a Jimmy Wales, admitiu num post de maio de 2020 que o site é "terrivelmente parcial" (badly biased) e que a política de neutralidade já foi esquecida há muito tempo.[1]

A Conservapedia foi fundada em 2006 justamente sob a alegação de que a Wikipédia sofria de um viés esquerdista. Comece a ler qualquer artigo sobre assuntos tendenciosos como política e religião e verá várias alegações absurdamente enviesadas. Na Wikipédia em inglês (e muitas vezes nas suas cópias na Wikipédia em português), os seguintes artigos são tudo menos neutros.

Exemplos de artigos parciaisEditar

Wikipédia em inglêsEditar

  • George W. Bush e Donald Trump são citados nos artigos como mentirosos e dois dos piores presidentes dos Estados Unidos, com várias de suas falas e ações distorcidas ou exageradas para satisfazer essa narrativa.
  • Os artigos sobre Bill Clinton e Barack Obama, por outro lado, são cheios de elogios, descrevendo-os como dois dos melhores presidentes da história, e ignoram ou obscurecem vários escândalos conhecidos.
  • Já por outro lado, o artigo sobre a presidência de Jimmy Carter (1977-81) é claramente tendencioso a favor do ex-político que fracassou em combater a recessão e o desemprego, além da perda de dois países aliados (Irã e Nicarágua) em 1979.
  • O aborto é citado como "um dos procedimentos médicos mais seguros que existem", o que não faria sentido na visão dos conservadores, já que para eles o procedimento mata um bebê.
  • Artigos como LGBT adoption (adoção LGBT) e gun control (controle ou regulação de armas de fogo) mencionam vários argumentos a favor dessas pautas esquerdistas, mas nenhum argumento contra.
  • O artigo Nazi gun control argument diz que, apesar dos nazistas terem desarmado os judeus, este não é um argumento válido a favor do armamento.
  • Em 2007, por cerca de um mês (23 de novembro a 26 de dezembro), a Wikipédia em inglês afirmava falsamente que os conservadores que se opõem ao aborto são descritos como "anti-bebê" e "anti-família".[2][3] A Wikipédia só removeu essa afirmação depois que foi identificada pela Conservapedia.[4]

Wikipédia em portuguêsEditar

  • O artigo da Wikipédia em português sobre a Lola Aronovich não menciona as vezes que ela acusou pessoas sem provas precipitadamente.
  • Vários artigos da Wikipédia em português sobre políticos de esquerda não mencionam controvérsias e até removem trechos com fontes. O mesmo não acontece com os artigos sobre políticos do outro lado do espectro político.
  • A Wikipédia em português não aceita, por exemplo:
    • que o artigo sobre o Nessahan Alita exista e o apaga sempre que é criado. As alegações não são apenas falta de notoriedade, mas também "mimimi ódio, misoginia".
    • que o artigo sobre o Emerson Eduardo Rodrigues exista e o apaga sempre que é criado, mas permite que o artigo Marcelo Valle Silveira Mello exista (o que não acontecia até o início de 2020). As alegações não são apenas falta de notoriedade, mas também que já exista outro artigo chamado Operação Intolerância .
    • que os artigos sobre algumas celebridades (alguns por participarem de reality shows como Big Brother) existam e os apaga ou redireciona à edição do programa que participou. Já outros são permitidos.

Salsa


Wikipédia, a enciclopédia livre

Fundadores Editores famosos Projetos irmãos Políticas e recomendações Outros

{{{c6}}}
{{{c7}}}
{{{c8}}}
ver fechar