Leticia Sykes

Leticia Sykes
Leticia Sykes rosto.jpeg
Suposta foto do rosto
ApelidosLelê
Nascimento28/06/2006 (14 anos)
OcupaçãoEstudante, postadora de seminudes
ResidênciaCuritiba, Paraná
Conhecido(a) porPostar fotos do corpo
Outros linksFacebook
Instagram

Leticia Sykes é uma suposta garota paranaense underage, loira de olhos verdes, conhecida por postar seminudes provocantes do seu corpo que diz ser perfeito, incluindo sua bunda gigantesca e cintura finíssima. Leticia é bem vaidosa e narcisista e faz piadas com negros e com pobres. Seus perfis no Facebook e Instagram são constantemente derrubados, mas seus seminudes estão espalhados pela internet. Ela raramente mostra o rosto inteiro e não se sabe maiores detalhes de sua vida. No auge de sua fama na internet, ela afirmava ter 13 anos.

Leticia é frequentemente acusada de ser fake, usar Photoshop, ou de pelo menos mentir sua idade. Ela sempre negou tudo isso, apesar de uma vez ter admitido que mentiu ter completado 14 anos para seu perfil no Facebook não ser banido. Segundo relatos, ela dizia ter 13 anos há bastante tempo (pelo menos desde 2017 ou 2018, quando apareceu na internet), o que põe essa afirmação em dúvida.

Em 2020, ela foi exposta, pelo menos parcialmente, e foi assunto até do famoso YouTuber Goularte num vídeo de 24 de abril.[1]

2020: Polêmica e exposed

A partir de 2020, ela começou a vender seminudes com os nomes de fãs escritos na bunda. Como ela não tinha idade para usar as plataformas de pagamento, contou com a ajuda de um sujeito chamado "Marlon".

 
Suposta prova da idade

No dia 29 de janeiro, teriam descoberto que uma das poucas fotos em que ela mostra o rosto é na verdade uma foto modificada de uma moça chamada Mariana Müller, sem o piercing de septo. Com isso, muitas pessoas que compraram seus packs começaram a pedir reembolso. A esse ponto, ela já teria faturado mais de 10 mil reais. Marlon não quis mais ser o "sócio" dela, então trocou a senha da conta que ela recebia os pagamentos e não a deixou mais entrar. Leticia não gostou disso; ela então criou outro perfil no Instagram e postou prints em que Marlon supostamente é racista ou age como pedófilo, além de postar um doxxing dele e da família dele com a ajuda de um outro sujeito chamado "Mike". Marlon teria pedido para remover suas informações pessoais e Leticia teria concordado em acatar esse pedido desde que ele devolvesse todo o dinheiro e pedisse desculpas.

Entre os dias 3 e 5 de abril, uma conta do Twitter chamada "kkletisafake" publicou um exposed dela afirmando que ela é menor de idade mesmo, mas as fotos do corpo dela são manipuladas por Photoshop. Sofia Garcia (sofiagwrcia), que gerencia essa conta, entrou em contato com familiares da Leticia, incluindo sua tia e mãe. A mãe aparentemente não sabia do que a filha fazia na Internet, mas posteriormente começou a apoiá-la, dizendo que ela é "livre" e que não há nada de errado no que ela faz, além de admitir que o corpo das fotos "não é dela" (ou seja, é Photoshop). A tia mostrou certas tendências racistas e deseducadas, sugerindo de onde Leticia tenha herdado seu comportamento. Depois da polêmica, aparentemente toda a família da Leticia ficou sabendo do que ela faz e começou a apoiá-la também.

 
Leticia no seu aniversário de 8 anos

Galeria

Seleção de seminudes da Leticia:

Ver também

Salsa