Hurtcore

Hurtcore é o nome dado à pornografia "degradante", onde geralmente há CP ou estupro.

Eileen Ormsby (uma vadiazinha que escreve sobre a Derp Uebi) descreveu o hurtcore como "um fetiche para pessoas excitadas pela inflição de dor, ou mesmo tortura forçada em outra pessoa". Uma motivação adicional para o perpetrador em sua posição de poder sobre sua vítima pode ser a reação de sua vítima ao abuso físico, como chorar ou gritar de dor. Essa reação pode estimular ainda mais a excitação do perpetrador (ui!).

Assim como os dogoleiros, os macacos que adoram hurtcore são banidos de todos lugares, até mesmo ed fóruns de CP na Deep Web, porém existem diversos fóruns relacionados a hurtcore na Deep Web.

Matthew Falder foi o primeiro homem a sofrer um processo criminal bem sucedido na Agência Nacional do Crime. Ele chantageava pessoas na internet para que elas enviassem imagens degradantes de si mesmas para ele, ou imagens onde cometiam crimes contra uma outra pessoa, como estupro ou agressão. Ele então postava as imagens em fóruns de hurtcore na Deep Web. A Agência Nacional do Crime o descreveu como "um dos criminosos mais prolíficos e depravados que eles já encontraram". Falder se declarou culpado de 137 acusações de 46 reclamantes. Em fevereiro de 2018, ele foi preso por 32 anos e condenado a cumprir mais seis anos com licença estendida. O Tribunal de Recurso depois reduziu a pena de prisão para 25 anos com uma licença estendida de oito anos.


Hurtcore faz parte da grande série temática da Wikinet sobre putaria