Abrir menu principal

Wikinet β

Gustavo Guerra

Gustavo Guerra
Guerra.jpg
Sua foto preferida, por aparentar ser mais branco nela.
Nome realGustavo Rizzotto Guerra
ApelidosFutuca, Dr. Futuca, O Andarilho do Abismo, Mazzini Magnum
Nascimento17/08/1993 (26 anos)
ResidênciaCaxias do Sul - RS
Conhecido(a) porJorgices
Outros linksCanal sob um pseudônimo
Talvez um novo canal

Gustavo Rizzotto Guerra,[1] também conhecido pelo apelido Futuca e pelo nome artístico de Mazzini Magnum, é um nazifascista, antissemita, homofóbico, rapper fracassado e outras coisas. Gustavo ficou famoso na internet e na TV por gravar vários pornôs gays defendendo sua ideologia, apoiando e incentivando o estupro e o CP.[2] Embora diz ser de direita, Guerra entra em contradição com sua própria ideologia quando ele mesmo namora e transa com traps. Namorou com uma chamada Alicia Bratovich, e postava fotos com ela.

Guerra conheceu os chans quando o 55chan fez uma raid contra Carlinhos e outros paneleiros. Ele, que também era paneleiro, fez uma conta no Youtube para reclamar da raid. Como o vídeo teve bastante visualizações, ele começou a fazer raps e outras escrotices no canal. Ele também começou a acessar chans, principalmente o chan do Batoré, por o Guerra ver naquele chan um aliado contra o 55, já que o Batoré odiava com todas as forças o 55chan.

Essa foi a derrota do Guerra, porque ele já era falho, mas ao entrar de cabeça no chan do Batoré acabou sendo corroído pelo Batoré e os usuários daquele chan.

Além disso, ele fez parte do grupo Homens Sanctos do Orkut.

Em uma certa época, Guerra teria brigado com Psycl0n após o mesmo começar a banir a esquizofrenia de Guerra, que consistia em fazer inúmeras threads falando que ama travecos e que todo homem deveria dar o cu, pois faz cagar grosso.

Guerra então passou meses Floodando o Dogolachan ao lado de Wallace.

Índice

Carreira musicalEditar

Gustavo ainda tentou uma fracassada carreira musical, sob o nome artístico de Mazzini Magnum. Lançou 10 faixas em seu SoundCloud, todas ruins. As rimas são pobres, muitas fora de ritmo; a batida é repetitiva e a voz gravada em baixa qualidade.

As faixas em freestyle podem reduzir o QI de quem ouve, cumprindo apenas um objetivo humorístico.

Ele ainda tem alguns raps gravados em um canal no YouTube entitulado "El Guajito" , quase todos se exaltando e falando contra o Psy.

Páscoa FelizEditar

Após atacar o movimento "Eu Não Mereço Ser Estuprada", liderado por feministas, Gustavo recebeu várias denúncias em massa e sua imagem foi parar até no SBT RS.

Gustavo chegou a ser indiciado pelas suas jorgices, mas foi julgado inimputável. Ele foi internado pela primeira vez em fevereiro de 2015, permanecendo boa parte do ano no hospício e depois novamente em dezembro de 2016 ao ser persuadido por GOEC para esfaquear seu pai, que era usuário de drogas. Permanece internado no Instituto Psiquiátrico Forense de Porto Alegre.[1]

GaleriaEditar

Outros fotos dele internado

DadosEditar

  • Nome completo: Gustavo Rizzotto Guerra
  • Nascimento: 17/08/1993[1]
  • Mãe: Cristina Guerra Rizzotto[1]
  • Pai: Julio Cesar Rizzotto[1]
  • RG: 6.410.906-5[1]
  • CPF: 021.774.560-10[1]
  • Endereço: Rua Washington Luiz, n.º 120, Lurdes, Caxias do Sul - RS[1]

VídeosEditar



Ainda por cima postado pela própria Yara.

Salsa