Fabiana de Oliveira

Fabiana de Oliveira
Fabiana de Oliveira.jpg
Nome realFabiana de Oliveira
Nascimento02/11/1979 (41 anos)
ResidênciaMadri, Espanha
Outros linksFacebook
Instagram

Fabiana de Oliveira (hoje Fabiana Corrêa) foi a primeira mulher de Emerson Eduardo Rodrigues, que esteve casada com ele de 2002 a 2008. Atualmente mora em Madri, na Espanha, onde frequenta a Igreja Universal e trabalha como cuidadora de idosos numa instituição chamada ASISPA. Ela tem dois filhos: María e Gael.

BiografiaEditar

Fabiana nasceu em 2 de novembro de 1979 de uma mãe portuguesa, Ana Maria da Silva Corrêa de Oliveira, e um pai de etnia indígena, José de Oliveira.

CasamentoEditar

Emerson e Fabiana se casaram numa sexta-feira, 13 de dezembro de 2002 (sexta-feira 13!) no cartório Mateus Leme em Curitiba. Na época, Emerson tinha 24 anos e Fabiana 23. Emerson diz que no começo ela foi muito boa com ele, mas depois começou a lhe passar a perna. O casamento durou até 3 de novembro de 2008, após diversas traições de Emerson durante as viagens de serviço. A última foi no Rio de Janeiro, com a amante Rafaela (a sua paixão de adolescência que finalmente havia aceitado ficar com ele, que mais tarde se tornaria sua inimiga mortal). A traída não quis saber da conversa dele e o expulsou de sua vida. Um tempo depois, ele tentou reatar com a ex-esposa, levando-a à Espanha para trabalhar como cuidadora de idosos, mas ela fugiu com um espanhol depois de um mês.[1][2]

Depredação da casaEditar

Devido a um doxxing desatualizado, enquanto Emerson estava preso em 2012, a casa onde ele e Fabiana viveram, em Colombo, foi depredada. Várias pichações foram feitas tanto do lado de dentro quanto do lado de fora da residência, além das paredes e do teto que terem sido quebrados e incendiados.[3] Pessoas que viram a casa sendo queimada relataram que os incendiários estavam em um carro preto, com adesivos sindicais.[2] A casa em questão está localizada na Rua da Goiabeira, 48.

Os dois irmãos de Fabiana, Neco e Fabiano, agrediram Emerson dentro dessa casa e por isso ficaram presos por um mês na época. Atualmente Fabiano a usa como sede da empresa de manutenções dele (página do Facebook da empresa).

PosteriormenteEditar

Por torno de 2010, ela teria peg 20 mil euros de Emerson.

Em algum momento depois, Fabiana adotou o sobrenome de sua mãe, Corrêa, e se mudou permanentemente para a Espanha, onde mora até hoje. Como ela mora no mesmo país que ele, Emerson diz que pretende se encontrar com ela amigavelmente para discutir certos assuntos pendentes entre eles.

Trabalhando como cuidadora de idosos na Espanha e ganhando por torno de 4.000 reais mensais, ela teria dado golpe num velho espanhol de 85 anos e fugido com o dinheiro.

GaleriaEditar

Salsa