Abrir menu principal

Wikinet β

Aborto

Ambox plus.png Este artigo precisa de mais imagens, GIFs e vídeos completamente desgostantes de abortos postos em prática
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais imagens, GIFs e vídeos completamente desgostantes de abortos postos em prática.
Esta não vai precisar abortar
Aborto é o ato lulzy de quebrar um feto em vários pedaços dentro da barriga da mãe para prevenir que o desgraçadinho sobreviva para sujar as fraldas e chorar porque não ganhou o mais novo consolePlayStation. A questão do aborto é um dos assuntos mais polêmicos da atualidade e é um divisor de opiniões, sendo que todos têm alguma merda para falar sobre o assunto, vomitando argumentos burros e falaciosos. Normalmente, a sonserina é contra o aborto porque consideram isso um assassinato, e a grifinória é a favor da legalização do aborto porque creem que a depósito de porra deve ter autoridade sobre seu próprio corpo.[3] Como um procedimento clínico, o aborto é 14 vezes mais seguro do que o parto normal,[4] sendo que a mãe sofre bem menos riscos se optar por abortar. Só que a realidade do aborto é que, como ele é ilegal na Macacolândia, não há estrutura para se realizar de maneira segura, sendo feito em clínicas clandestinas com péssimas condições de estrutura e equipamentos e com médicos desqualificados,[5] o que resulta em uma alta quantidade de depósitos morrendo porque ligaram o FUCK THE POLICE e optaram por abortar com o mesmo provedor de maconha delas.[6] Estudos comprovam que a legislação acerca do aborto não tem influência sobre a decisão da mãe abortar ou não,[7] e um dos argumentos preferidos da grifinória é o de que a legalização do aborto iria diminuir a taxa de mortalidade de depósitos - como se alguém se importasse com a vida de algumas vagabundas.[8]

Índice

HistóriaEditar

 
Segundo os nazistas, o aborto eliminaria os negros do Brasil, tornando o país próspero.

Aborto sempre existiu. Desde temos imemoriais, as bruxas já faziam poções mágicas para vadias que engravidaram de caras pobres poderem matar o bebê e tentar, da próxima vez, engravidar de alguém com dinheiro.[9] Tanto que uma das regras que estão no juramento de Hipócrates  , que todos médicos tem que repetir, é a seguinte:

Na realidade de cada dia, sabemos, por exemplo, e podemos dizer com toda certeza se um animal existe ou não; porém, pesquisando mais detidamente, verificamos que às vezes o problema se complica consideravelmente, como sabem muito bem os juristas, que tanto e tão inutilmente têm-se atormentado por descobrir um limite racional a partir do qual deva a morte do filho no ventre materno ser considerada um assassinato; nem é fácil tampouco determinar rigidamente o momento da morte, uma vez que a fisiologia demonstrou que a morte não é um fenômeno repentino, instantâneo, mas um processo muito longo.[1]

Feliz será aquele que agarrar e esmagar os teus pequeninos Contra uma penha.[2]

(...) Nem darei um medicamento letal a alguém se me for pedido, nem farei uma sugestão para esse efeito. De modo semelhante, não darei a uma mulher uma substância abortiva. (...)

—Juramento de Hipócrates

Em outras palavras: ou você é médico, ou você é abortista; as duas coisas, ao mesmo tempo, não pode.

Mas o que realmente trouxe o aborto para o século XX foram as ideias nazistas de que existem raças humanas,[10], que umas raças são superiores a outras,[11] que as raças inferiores se reproduzem como coelhos, que no futuro as raças inferiores vão superar, em número, as raças superiores, e que é preciso matar os indivíduos das raças inferiores para salvar a humanidade.[12]

Já que mandar negros para câmaras de gás ou fazer a polícia sair fuzilando os negros não eram métodos que seriam aceitos pela sociedade americana,[13] uma nazista americana, Margaret Sanger, teve a brilhante ideia de matar os negros enquanto eles estavam crescendo na barriga das mães deles.[14] Seu plano foi lutar pela legalização e popularização do aborto,[15] implantando várias clínicas com o nome Planned Parenthood [16] em bairros negros.[17]

Em resumo:

  1. Fazer campanha pelo aborto
  2. Colocar clínicas de aborto onde tem negros
  3.  ???
  4. Profit!


Desenhista que PensaEditar

 
Uma representação precisa do aborto

Aborto acabou virando um meme no Caralivro devido à forçação pró-vida do Pesenhista, que produziu mais de 8000 tirinhas antiaborto absolutamente cringe (exemplo ao lado). A dramatização forçada, falha e simplista da situação que uma depósito passa ao considerar o aborto é tão ruim que conseguiu tornar o tópico do aborto em motivo de ridicularização, fazendo com que muitas pessoas que estivessem em cima do muro passassem a apoiar o aborto porque, porra, nem as feminazis são tão retardadas quanto este cara.[18]

O meme do aborto levou à criação de várias tirinhas parodiando o assunto e introduziu o personagem Fetinho, que é a personificação do feto que é abortado.

Movimento anti-abortoEditar

…thou shalt not murder a child by abortion nor kill that which is begotten.[19]

O aborto é uma arma política eficaz.

GaleriaEditar

CopicolasEditar

 
Dimension!

VALE MUITO A PENA LEREditar

VALE MUITO A PENA LER
11/10/11
Filha : Mãe to gravida
Mãe : o quêêêêê?????
Filha : fui estrupada pelos meus amigos
Filha : mãe nao briga comigo , preciso da sua ajuda
Mãe : como isso aconteceu ?????????????
Filha : eles me convidaram pra ir na casa deles..
Filha : a quatro semanas atráz ..
Mãe : mais que foda filha, seu pai vai te matar....
Filha : maezinha eu te amo, me ajuda
Mãe : porque você não me contou antes?
Filha : fiquei com medo deles e de você

Mãe : filha você vai ter que fazer um aborto
Filha : mãe eu quero ter esse filho, é meu sonho
Mãe : filha vc so tem 14 anos , não tem estrutura ainda
Mãe : e muito menos preparada pcicologícamente pra ter esse filho..
Filha : mae como vo a escola gravida assim, o que os outros vao pensar..
Mãe : você vai fazer um aborto , vo liga pra um amigo medico
Filha : mae eu tenho medo disso , vai que eu morro
Filha : sou filha unica , vocês vao sentir minha falta..
Mãe : sem discussão , ja conversei com meu amigo,
MãE : vamos fazer o ABORTO hoje.
Filha : tabom mãe , você sabe o que é melhor pra mim ,

Na clínica de aborto crandestino

Medíco : Jovem você tem certeza que quer fazer isso?
Filha : sinceramente nãoooo , quero ter essa criança
Mãe : filha ja ta decidido , vc nao pode ter essa criança
Mãe : Seu pai vai ter um infarto quando souber que você ta gravida
Medíco : jovem essa gravidêz é de risco, melhor coisa a fazer é o aborto.
Filha : nãooooooooooooooooooooooooooooooooo :(
19:38 (4 horas atrás)
dimension!
Medíco : amiga vai ocorrer tudo bem, acocelho você ir pra casa,
Medíco : daqui a duas horas vamos fazer o procedimento de aborto,
Mãe : porque vai demora tanto?
Medíco : estamos sem material sirurgíco , e vamos ter que ir na famácia comprar
Mãe : Você sabe mesmo o que esta fazendo neh
Medíco : claro , tenho 18 anos de experiência..
Medíco : qualquer coisa vc me liga ou manda um email ([email protected]) fone: xxxx.xxxx
Mãe : vo anotar aqui, e vo liga de 5 em cinco minutos,
Mãe : ela é a unica filha que tenho , vo confia em vc
Medíco : vamos da um calmante pra ela,
Mãe : quando teminaren me chama pra mim busca minha filha
Medíco : ok tudo vai ficar bem , confia em mim...
Medíco liga para mãe
Medíco : a sirurgia ocorreu tudo bem , mas sua filha teve uma parada cardiáca
Mãe : o que vc esta dizendo porraaaaa
Medíco : sua filha perdeu muito sangue e teve uma parada cardíáca..
Medíco : tentamos reanimala sem susseso , sua filha faleceu..
Mãe : não diz isto , ela é a unica filha que tenho
Mãe : meu deusssss
Medíco : ela acordo no meio da cirurgia e disse'' MAE EU TE AMO'' e durmiu de novo
Medíco : Vamos ter que cremar o corpo , e dizer que sua filha desapareceu.
Medíco : minha cliníca é crandestina , nos dois vamos ser presos
Mãe : e vou perder meu marido também
Mãe : to mals , vo na delegacia registra queicha como desaparecida
Mãe : ja perdi minha filha , não quero perder meu marido..
Depois de 8 meses a mãe descobre que esta com cancêr no Útero ,
No hospital em faze terminal , a mãe desabafa com seu marido contando toda a historia.
Marido olha bem nos olhos da esposa e diz: Eu te perdou ...
esposa emocionada, chora sem para , seria a ultima lagrima dela, pois minutos depois ela falece.
19:38 (4 horas atrás)
dimension!
Conclusão;

Essa familia poderia esta feliz com uma netinha(o) se não fosse as atitudes tomadas com medo das consequençias.
A mãe talvez não estária com cancêr (será que foi um castigo de DEUS?) .
As crianças nao sao culpadas pela ingenuidade das mães
Por favor nao tire a vida dos seus filho(a) Dê a chance deles viver como vc teve a sua.
Pense se seus pais tambem tivesse te abortado?

TEXTO CUJA LEITURA MOSTRA-SE EXTREMAMENTE VALOROSAEditar

TEXTO CUJA LEITURA MOSTRA-SE EXTREMAMENTE VALOROSA
Cria: Matrona, encontro-me gestante.
Genitora: Que dizes?
Cria: Sofri um desfloramento por parte de meus coligados.
Cria: Matrona, não brigais comigo, necessito de vosso auxílio!
Genitora: Como sucedera tal ocorrência?
Cria: Solicitaram minha presença na residência que lhes cabem…
Cria: Há quatro hebdomadários…
Genitora: Deveras extenuante, prole minha. Vosso progenitor fulminar-te-á.
Cria: Mãezinha, senhora do meu apreço, ajudai-me!
Genitora: Diante de que razões não me narrastes isto previamente?
Cria: Temia-os e temia-te.

Genitora: Ó rebento meu, hás-de interromper a gestação.
Cria: Progenitora, desejo conceber este párvulo, eis que almejo.
Genitora: Tens tão-somente 14 aniversários natalícios, não há em ti o porte.
Genitora: Menos ainda possuis acondicionamento mental para partejar…
Cria: Ó mãezinha, de que modo vou-me ao educandário, que afigurações causaria a outrem…
Genitora: Cometerás a expulsão do embrião, hei-de telefonar a um esculápio amigo.
Cria: Inspira-me terror tal assunto, que darás se venho à falência?
Cria: Eis vosso único rebento, aperceberíeis minha ausência.
Genitora: Basta de controvérsia, já discorri com meu partidário.
Genitora: Cometeremos a EXPULSÃO DO FETO no presente dia.

No estabelecimento hospitalar para abortos ilícitos

Esculápio: Raparigota, gozas da convicção de que desejas cometer tal ato?
Cria: Lhanamente não, desejo conceber este infante.
Genitora: Filha, encontra-se arbitrado, não podeis partejar.
Genitora: Vosso progenitor sofreria uma ingurgitação perante a notícia de que estás prenha.
Esculápio: Moçoila, a presente gestação classifica-se como arriscada, superior ideia é remover o embrião.
Cria: Não!
19:38 (4 horas atrás)
dimension!
Esculápio: Coligada, os acontecimentos a suceder serão em totalidade positivos, advirto que retorne à vossa moradia.
Esculápio: Dentro de cento e vinte minutos realizaremos o procedimento de móvito.
Genitora: Que explicação tendes para tamanha delonga?
Esculápio: Encontramo-nos na carência de aparatos cirúrgicos, faz-se necessária a locomoção até a botica.
Genitora: Estás totalmente ciente do que realizas, certo?
Esculápio: Absolutamente, estou em exercício há dezoito anos.
Esculápio: À menor das eventualidades deves contactar-me através de telefone: xxxx xxxx ; ou mensageiro electrónico: [email protected]
Genitora: Registrarei e executarei telefonemas sequenciais em intervalos de cinco minutos.
Genitora: Ela é minha cria ímpar, despejo confiança em ti.
Esculápio: Submeteremos-na a um sedativo.
Genitora: Na ocasião de término do ato, chame a mim para que eu recolha minha cria.
Esculápio: Certamente, tudo há-de ocorrer direito, abone-me.
Esculápio chama ao telefone a genitora
Esculápio: O procedimento cirúrgico deu-se bem, todavia sua prole sofreu de interrupção cardiovascular.
Genitora: Que dizes agora, pombas!
Esculápio: Tua cria destituiu-se de grande quantia de sangue e sofreu uma parada cardiorrespiratória…
Esculápio: Reanimação foi atentada por nós, nada obstante resultante em falha e óbito de seu rebento…
Genitora: Não dizeis isto, tal é a minha única cria que possuo!
Genitora: Meu Deus!
Esculápio: Ela despertou no decorrer do procedimento cirúrgico a declarar "Matrona, amo-te" para adormecer uma vez mais.
Esculápio: É indispensável que incendiemos o cadáver e declaremos tua descendente como desaparecida.
Esculápio: Meu estabelecimento hospitalar opera na clandestinidade, ambos seremos enquadrados.
Genitora: E perderei meu cônjuge em adição!
Genitora: Estou mal, dirigir-me-ei ao posto de polícia dar parte de desaparecimento.
Genitora: De antemão fui privada de meu rebento, não almejo perder meu cônjuge…
Após decorridos oito meses, à genitora vem a luz seu estado de cancro do útero.
No noscômio, em estágio derradeiro, a genitora desoprime a seu consorte revelando a totalidade da estória.
O consorte dirige a vista precisamente aos globos oculares de sua esposa e profere: Perdoo-te…
A esposa, vítima da comoção, verte lágrimas incessantemente. Choro este que seria derradeiro, visto que nos instantes seguintes vem a óbito.
19:38 (4 horas atrás)
dimension!
Conclusão:

Estaria esta família contente com um netinho ou uma netinha não fosse os modos de proceder selecionados mediante temor das consequências.
A genitora quiçá não sofreria de cancro (pudera ser uma punição do DEMIURGO?).
Não são os infantes detentores da culpa da ingenuidade de suas genitoras.
Por obséquio, não prive de vida os vossos rebentos. Provindes a oportunidade da sobrevivência, tal qual tivestes a vossa.
Reflicta: E caso vossos genitores houvessem praticado abortamento a vós?

Ver tambémEditar

Salsa

  1. http://www.marxists.org/portugues/marx/1880/socialismo/cap02.htm
  2. Salmos 137:9
  3. Também porque as feminazis querem poder foder à vontade sem gastar com pílula.
  4. https://insights.ovid.com/article/00006250-201202000-00003
  5. Pensando bem, não é tão diferente do SUS.
  6. http://www.cofen.gov.br/uma-mulher-morre-a-cada-2-dias-por-causa-do-aborto-inseguro-diz-ministerio-da-saude_64714.html
  7. https://web.archive.org/web/20110716212405/http://www.sogc.org/jogc/abstracts/full/200912_WomensHealth_1.pdf
  8. Inclusive, no artigo da Wikipédia em inglês, há uma passagem que diz "Making safe abortion legal and accessible reduces maternal deaths", bastante parcial.
  9. K. A. Kapparis, Abortion in the Ancient World https://bmcr.brynmawr.edu/2002/2002.11.24/
  10. Spoiler: não existem.
  11. Se só existe uma raça humana, então esta raça é ao mesmo tempo a raça superior e a raça inferior.
  12. Gazeta do Povo: https://www.semprefamilia.com.br/defesa-da-vida/4-mulheres-negras-pro-vida-que-denunciaram-o-aborto-como-genocidio-dos-negros/
  13. Nem mesmo nos anos 1930.
  14. Conservapédia, artigo Margaret Sanger: https://www.conservapedia.com/Margaret_Sanger
  15. Conservapédia, Abortion and eugenics https://www.conservapedia.com/Abortion_and_eugenics
  16. Mais um exemplo de doublespeak esquerdista: chamar de paternidade planejada o que é o assassinato de bebês.
  17. Conservapédia: Planned Parenthood https://conservapedia.com/Planned_Parenthood
  18. Mentira, são sim.
  19. O Didaquê