Objetivismo

Revisão de 15h12min de 23 de setembro de 2020 por MesopotamianSFR (discussão | contribs) (Criou página com 'O objetivismo é um termo que possui vários significados, o primeiro significado é que o oposto do subjetivismo, onde a experiência objetiva é mais importante que a experi...')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

O objetivismo é um termo que possui vários significados, o primeiro significado é que o oposto do subjetivismo, onde a experiência objetiva é mais importante que a experiência subjetiva. Doutrina positivista onde que o objetivo é mais importante que o subjetivo. E também utilizado para se referir a uma corrente política criada por Ayn Rand que se trata do individualismo extremo, sendo retratado no jogo Bioshock.

Como oposto do subjetivismo, o objetivismo foi a principal corrente filosófica e pensativa da antiguidade, onde as relações com os deuses e com os míticos eram de forma objetiva, onde a espiritualidade era de forma objetiva, como algo fora da pessoa, onde que depois do cristianismo, isso passou a mudar.

Como doutrina positivista, o objetivismo trata do estudo do objetivo e do material, onde o subjetivo e o metafísico não são importantes e devem ser excluído dos estudos científicos, algo que é defendido muito por neoateísmo e pelos neopositivistas.

Como corrente política, o objetivismo foi a teoria criada por Ayn Rand, que se trata do individualismo extremo e do niilismo extremo, chegando a ser mais individualista que o próprio anarcocapitalismo e que o libertarianismo. O termo possui a Revolta de Atlas como principal manifesto, e o Bioshock como um jogo que retrata o objetivismo na prática.

Existe também a união dos três conceitos em um só, onde o individuo deve ser objetivo e o mais individualista possível, todas as relações devem ser objetivas e o niilismo deve ser o mais extremo possível.